O que é uma crise

Você sabe o que é uma crise? Crise é todo buzz negativo que uma empresa atravessa em geral nas redes sociais. Mas, o que acontece muitas vezes é que as empresas não sabem diferenciar uma crise de um problema pontual de um cliente.

Um problema pontual de um cliente deve ser resolvido imediatamente, responda ao questionamento do cliente de forma clara e objetiva. Isso impede que algo que poderia se resolver facilmente se transforme numa crise. E nunca tente apagar comentários negativos, isso é o pontapé inicial para críticas generalizadas. Lembre-se que na web tem aquelas pessoas que ficam a espreita de algum erro, de algum vacilo da empresa para começar os comentários negativos, e dependendo da reputação dessa pessoa pode gerar um buzz negativo.

Uma crise com poder de crescimento é quando você falha em entregar o que se comprometeu. O caso mais clássico é o da Brastemp em que Oswaldo Borelli comprou produto da linha branca com defeito, e foi muito mal atendido pelo serviço de atendimento da Brastemp. E Oswaldo Borelli  foi para as redes sociais reclamar, fez tanto barulho que até hoje é mencionado como exemplo de crise na web.


Patricia Canarim, jornalista e consultora de Marketing Digital com especialização em Informação Estratégica pela UFMG e Certificação Google: Qualificação Individual em Publicidade de Pesquisa, Publicidade Gráfica. Coordenadora de Conteúdo do Nautilos Marketing Digital.

Hoax, boato na web

Todo dia tem um boato novo espalhados pelas redes sociais! E você precisa entender que hoax é criado por pessoas de má fé com objetivo de confundir pessoas, criar controvérsias e muita confusão.  O objetivo dessas mensagens é alarmar as pessoas e criar pânico, e normalmente, quem cria a mensagem a vincula a um novo que possa gerar credibilidade como grandes empresas IBM, Microsoft, Facebook, veículos de comunicação como O Globo ou a nome de profissionais como médicos, artistas e jornalistas. As mensagens também não são datadas para que você ache que é uma mensagem recente.

Então, fique ligado para não acreditar em tudo que vê pela frente. Reflita sobre a informação que recebe antes de sair compartilhando.

Use o site e-farsas para verificar alguns boatos já tradicionais na web ou faça uma pesquisa no Google. Tente descobrir onde começou o compartilhamento, a data inicial para ver se não é algo de anos passados, se o autor da pérola é mesmo o autor da pérola.

 


Patricia Canarim, jornalista e consultora de Marketing Digital com especialização em Informação Estratégica pela UFMG e Certificação Google: Qualificação Individual em Publicidade de Pesquisa, Publicidade Gráfica. Coordenadora de Conteúdo do Nautilos Marketing Digital.

Esse negócio de site funciona?

Essa pergunta chegou para mim por um colega que ainda não se decidiu ser vai ter um site e alavancar a presença digital dele. A pergunta “Esse negócio de site funciona?”

A resposta para essa pergunta pode variar de um simples “não” até a um “claro, que sim!” bem entusiasmado. E a dedicação e compromisso com seu site, com seu projeto web que irá fazer a diferença.

Se você comprar um domínio e publicar um site e não tiver um planejamento, uma ideia de caminho a tomar, um plano de ação, é muito provável que seu site não funcione. E normalmente, essas pessoas costumam culpa a internet, dizem: “Esse negócio de Internet não funciona, criei um site e nunca vendi nada.” Mas, o que você fez para atrair pessoas para seu site?

Criar um site não é a mesma coisa de abrir uma loja na rua, onde pelo menos as pessoas que transitam pelo seu endereço vai ver o novo empreendimento. Na web, se você não se promover ninguém saberá que você existe, você será apenas mais um entre milhões de endereços pontocom.

Se quer começar a ter uma presença digital ou vender pela web, conheça o Passaporte Marketing Digital, onde oferecemos 5 cursos relacionados a marketing digital como e-commerce e google adwords, conteúdo extra exclusivo e aulas particulares. É sua oportunidade de entender o mercado digital e promover sua marcar e alavancar vendas com especialistas em marketing digital.

 


Patricia Canarim, jornalista e consultora de Marketing Digital com especialização em Informação Estratégica pela UFMG e Certificação Google: Qualificação Individual em Publicidade de Pesquisa, Publicidade Gráfica. Coordenadora de Conteúdo do Nautilos Marketing Digital.

Inteligência Competitiva

Você sabe o que é Inteligência Competitiva, também conhecida por IC é uma das ferramentas para decisões estratégicas. É diferente de inteligência de marketing que coleta informações para ações em marketing.

A inteligência vai coletar informações para tomadas de decisões no nível mais superior da empresa, no nível estratégico. E a IC é muito comum em grandes empresas e atinge pessoas na empresa de maneiras diferentes. A Inteligência Competitiva passa por 4 fases: planejamento, coleta, análise e disseminação.

Planejamento é o início do trabalho que consiste em estudar o mercado, o cenário de atuação da empresa. Coleta é capturar as informações que estão disponíveis no mercado tanto em mídia oficial como extra-oficial. Análise é a avaliação e o cruzamento dessas informações com o objetivo de gerar conhecimento, e disseminação é o envio dessas informações para pessoas estratégicas dentro da empresa para a tomada de decisão.

A inteligência competitiva é uma área estratégica dentro da empresa e primordial já que vivemos num mundo globalizado em que se estudar mercado de atuação e contextualizar com o cenário econômico, como a nova economia, e com a atuação do mercado externo.

 


Patricia Canarim, jornalista e consultora de Marketing Digital com especialização em Informação Estratégica pela UFMG e Certificação Google: Qualificação Individual em Publicidade de Pesquisa, Publicidade Gráfica. Coordenadora de Conteúdo do Nautilos Marketing Digital.

Domínio de um site

Você sabe o que é um domínio de site? É o endereço do site, é o www.patriciacanarim.com deste site que você está lendo, ou da Vinicci Brindes que é https://www.viniccibrindes.com.br/

E o endereço do seu site tem quanto tempo? É normal as pessoas comprarem o domínio pelo tempo de 1 ano, e ficam renovando a cada ano. Mas, a dica é que você faça a compra ou a renovação por um tempo maior, por 3 ou 4 anos.

Primeiro por sair mais barato, você ganha um desconto no valor anual do domínio quando você faz a renovação por um tempo maior de 1 ano. E você não precisa se lembrar todo ano de renovar e correr o risco de perder seu endereço.

Outro motivo é a otimização de sites, em SEO um site com domínio novo é um site que ainda não gera tanta credibilidade. E por isso muitos sites com domínio novo não conseguem ranquear tão bem quanto quem tem domínio mais antigo. E se você renova por um tempo mais longo isso indica ao buscador um trabalho mais duradouro e pode começar a gerar uma credibilidade que mais a frente resultará em uma melhora no ranqueamento.


Patricia Canarim, jornalista e consultora de Marketing Digital com especialização em Informação Estratégica pela UFMG e Certificação Google: Qualificação Individual em Publicidade de Pesquisa, Publicidade Gráfica. Coordenadora de Conteúdo do Nautilos Marketing Digital.

WhatsApp
>