Conto: Uma prosa no parque

– É uma delícia ver as crianças brincarem. Adoro parquinhos. – fala Sandra ao se aproximar de uma das mães.
– Também gosto. – Maria responde sem dar muito atenção.
– Quando meu filho era bem pequeno não tínhamos um parquinho perto de casa, sempre senti falta disso.
– É bom mesmo.
– Aquele ali de azul é o Guilherme? Onde estão Mariana e André? – Sandra não desiste de tentar manter uma conversa com Maria.
– Sim, é ele. Hoje tiveram uma atividade na escola. – Maria responde sempre olhando para frente, vendo o filho brincar.
– Guilherme é mais bonito ao vivo que nas fotos das revistas. – diz Sandra.
– O meu está hospitalizado…
– Que pena! Tenho certeza que logo se recupera e virá brincar com as crianças!
– Câncer.
– Ah!
– Espera por um transplante de medula óssea.
– Logo encontrará alguém compatível.
– Sim, estamos otimistas. Acreditamos que um meio irmão possa ajudar.
– Claro, que bom ter alguém próximo de vocês.
– O problema é que a família do irmão não sabe que ele existe.
– Hum… o pai não assumiu o filho, o abandonou?
– Não exatamente, mas agora eu preciso da ajuda deles.
– É a vida de uma criança e um processo até simples, vão ajudar sim.
– Então, posso contar com sua autorização para o Guilherme fazer o exame de compatibilidade?
– O quê?
– Isso mesmo que você ouviu!
– Quem é você?
– Eu sou Sandra, a ex-mulher do Pedro.
– Você está dizendo que o Pedro teve um filho com você e escondeu isso de mim todos esses anos?
– Não! Estou dizendo que meu filho é filho do Pedro, irmão do Guilherme. E ele está com câncer e precisa de ajuda.
– O Pedro nunca me falou de um filho, como ele podê esconder isso de mim?
– Ei, ele não escondeu nada. Ele não sabe que tem um filho!
– Quantos anos ele tem? – Maria se afasta, procurando por Guilherme nos brinquedos.
– Não se preocupe, quando engravidei vocês ainda nem se conheciam. Pablo está com 12 anos.
– Pedro não sabe do filho de 12 anos! Ele perdeu o crescimento do filho, ele vai ficar louco! Como, por que isso?
– É muito fácil esconder uma gravidez e filho morando no outro lado do mundo. Eu fui para Hong Kong grávida de Pedro, nunca mais falei com ele. Lá me casei e criei Pablo.
– Pedro me falou que vocês já estavam separados fazia anos quando você viajou.
– Só um transplante de medula óssea pode salvar a vida do meu filho e sua melhor chance é com Guilherme. – Sandra, desconversa e volta a lembrar do filho.
– Pedro não sabe que tem um filho? Como você pode fazer isso com ele!
– Eu não estou preocupada com o Pedro! Eu preciso que você autorize o Guilherme fazer o exame de compatibilidade com o Pablo.
– Eu não acredito que você impediu um homem como Pedro de usufruir de seu próprio filho!
– O que me importa é a vida do meu filho. E por isso procurei você. Conheço sua fama de politizada, participativa, que ajuda os outros, enfim. Eu preciso de sua ajuda, o Pablo precisa da ajuda do Guilherme.
– Guilherme! Vamos, tá na hora! – Maria grita em direção ao filho.
– Já? Hoje nem tem aula. – diz o menino.
– Oi Guilherme! Você é um menino tão bonito, parece muito com o pai. – Sandra para Guilherme.
– Obrigada. Vamos? – diz Maria.
– Guilherme? Eu tenho um filho que vai adorar conhecer você. – fala Sandra se dirigindo ao menino.
– Ele joga futebol? – Guilherme responde interessado.
– Humm…não é nada bom, ele gosta mesmo é de brincar no game. Aí ele manda bem. E você?
– Ah, se minha mãe deixar a gente pode jogar lá em casa, né mãe.
– É… seu pai vai adorar tê-lo lá em casa! – Maria comenta, já saindo com o filho.

outros textos nessa categoria para você:

conheça textos de outras categorias

Filmes, vídeo, seriados e documentários
Estes são os filmes, seriados e livros que já li e assisti. É uma lista incompleta por não me lembrar[...]
Alguns livros sobre Internet e Marketing Digital
Acredito que qualquer pessoa que tem sua vida profissional voltada para a web deve ter como leitura primordial o livro[...]
Um bom lugar para ler um livro
Cada um tem o seu. Temos nosso jeito de ler: uns deitados, outros sentados em poltronas, ou de frente para[...]
O Y da questão
Há uma nova geração no mercado de trabalho, a famosa geração Y, que cresceu já em ambientes digitais, aprendeu cedo[...]
Livro: Por que ela pode
O livro Por que ela pode, apresenta o dia-a-dia do mercado editorial. Confesso que me interessei justamente por isso, nunca[...]
Twitter, conta a história
Com mais de 10 anos de vida e meio milhão de usuários, o Twitter conta a história do mundo. –[...]
Leitura: desafio para uns e ilusão para outros
Motivada pela Campanha Desafio 50 livros em 2009 (saiba mais no blog da Nélida Capela, Lector in Fabula fui pesquisar sobre o[...]
Creative Commons
Você conhece o Creative Commons? É uma licença para compartilhamento de conteúdo na web, sem permissão, sem intermediários. Essa licença[...]
Boato na Web – reportagem na CBN
Você sabe o que é Hoax? Então, são os famosos boatos na web. Já falei sobre este tema na postagem[...]
Escrever e livros para guardar
Será que José Saramago tem razão? Difícil não aceitar uma opinião assim, de um Nobel. Saramago disse há poucos meses que “A prática[...]
Você conhece o Periscope?
Periscope, uma aplicativo para transmissão ao vivo. Você pode baixar o Periscope aqui. E o melhor do Periscope é que ele[...]
Livro: O Diário de Bernadina
O texto que é apresentado na forma de diário está longe de ter uma conotação romanceada da história o que[...]

Oi! Você pode deixar seu comentário sobre este texto abaixo nos comentários lá embaixo.  

E também se preferir se cadastrar para receber uma mensagem minha propondo uma conversa de 30 minutos por vídeo conferência para ajudar você a entender o marketing digital.

Patricia Canarim
WhatsApp
>