Em 2010

Esse ano de 2009 foi um ano de desafios para mim, e entre eles o desafio de ter um blog. Adorei a experiência, apesar de algumas vezes ter sido puro sacrifício. É como dizia Bernard Shaw: “ou escrever é fácil ou é impossível”.

Criei este blog em julho. Depois de algumas tentativas de criar um lay out que me agradasse, meu sobrinho Vinícius, designer, me ajudou e solucionou a questão, aliás, não ficou do gosto dele, mas ficou do meu. Então comecei a escrever, precisava ter conteúdo. Coloquei textos antigos, escrevi uma pequena crônica de uma tarde numa livraria do Rio, com direito a compras de livros e um delicioso café. Estava animada, toda semana escrevia sobre um livro ou uma crônica.

Mas, essa animação com o blog em 2009 durou pouco, parei de escrever. O último texto publicado foi em 30 de agosto de 2009. Mas, retorno agora.
Nesse ano de 2010 desejo praticar. É preciso praticar, já disse, não sei quem. Na verdade acho que ouvi isso num seriado de TV. Portanto, vou praticar escrever mais. Sobre os livros que tenho lido, recordar a leitura de outros, participar mais de eventos literários.

A ideia é tornar este blog mais movimentado, ter fotos de eventos, textos interessantes de outros blogueiros sobre livros, sempre vou inserir letras de música e frases sobre livros e/ou literatura. E claro, isso será mais uma atividade, pois ainda tenho que trabalhar, correr e assistir a pelo menos 10 séries americanas; confesso que amo ler, adoro o desafio de escrever, mas sou viciada mesmo é em seriados.

Mas, a parada no blog em 2009 teve um motivo. Muita coisa aconteceu desde então, aliás muita não, uma decisão que acarretou nesse período de “seca”. E tudo nela que estava atrelada me deixaram assim, sem cabeça. Eu não conseguia me concentrar numa leitura, ler, estudar. Ficar parada era um problema, então eu comia bem (em quantidade, e algumas vezes em qualidade) e só não foi pior, pois ia e muito a academia. Cheguei a malhar 6 dias na semana! E quem me conhece sabe que não sou disso. É, é sério, tanto que em janeiro entro num Grupo de Corrida..#aimeudeus!

Qual decisão? Decidi me mudar, mas não de bairro, e sim de estado, e como isso é difícil. Cidade nova, trabalho novo, apartamento novo, “família” e “amigos” novos! Estou morando há três meses em Belo Horizonte, Minas Gerais; na região da Pampulha, como dizem por aqui. Isso significa que moro em determinando bairro (Dona Clara) mas que fica razoavelmente perto da Lagoa da Pampulha. O que é ótimo, pois vou correr e caminhar lá, e me dá um ar de Rio, é bom para matar a saudade.

O retorno do blog é consequência de uma tranquilidade ou de pelo menos estar sendo bom ter mudado. Com isso voltei a ler também, e planejo uma pós-graduação para 2010. Vamos ver se tudo será possível realizar.

Terminei de ler O Clube do Filme de David Gilmour, livro sobre a relação de um pai e um filho adolescente que combinam de assistir 3 filmes por semana, é uma aula de cinema!

Estou lendo A Viúva Clicquot – a história de um império do champanhe e da mulher que o construiu, de Tilar J. Mazzeo.

Conto mais sobre esses livros num próximo post.

Que 2010 seja ótimo para todos nós!

WhatsApp
>