Primeiro passo dado: ISBN solicitado

Todo livro deve ter um número de ISBN, que é uma sigla de International Standard Book Number, que vem a ser um sistema internacional padronizado de numeração e identificação de título de livros em uma determinada edição, e também deve ser retirado em plataformas digitais como livros eletrônicos.

Todo livro deve ter um novo registro de ISBN para toda nova edição em cada suporte apresentado: impresso ou eletrônico. Se você faz, por exemplo, apenas uma revisão ortográfica no livro, mas não altera seu conteúdo, não há necessidade de novo registro. Mas, se você vai lançar o livro na versão e-book, neste caso é adequado que faça um registro novo de ISBN específico para e-books.

Para retirar o ISBN o autor ou editor deve ser cadastrado na Agência Brasileira do ISBN que é vinculada a Biblioteca Nacional. O cadastro pode ser feito por pessoa física ou jurídica, sendo pessoa jurídica uma empresa cadastrada com CNPJ. Para utilizar o termo/palavra editora, editorial, publicações, edições, editor – deve constar na razão social a palavra/termo Editora. Para ter outras informações sobre o cadastro de pessoa jurídica, clique aqui.

Para pessoa física, somente o autor do livro, pode se cadastrar. E foi isso que foi feito. Como Paulo Érico Canarim está em Belo Horizonte, ele me mandou por correio a ficha cadastral preenchida e fui até o centro da cidade no Rio para levar a documentação. Bom, você pode fazer isso pelo correio, mas como queria evitar qualquer tipo de atraso, ou desvio preferi ir pessoalmente a ISBN que fica à Rua Debret.

Para fazer o cadastro de autor além de pagar pelo valor de cadastramento, que na data de hoje é de 220 reais, entregar a ficha cadastral preenchida e assinada com cópia do CPF é necessário que o autor também solicite pelo menos 1 ISBN. Nessa solicitação deve ser entregue a ficha de solicitação de ISBN, a folha de rosto representativa do livro a ser publicado e o pagamento de 15 reais por cada ISBN. Para fazer o cadastro de pessoa física, clique aqui.

Os pagamentos são feitos no Banco Santander e no momento da entrega da documentação, deve-se entregar junto o comprovante de depósito original. Para ter mais informações sobre as formas de pagamento clique aqui. Mas, uma vez, também preferi realizar o depósito bancário e ter o documento original para ser entregue.

Devo dizer que todo esse meu cuidado para evitar algum erro, deve-se ao fato que apesar, agora sei disso, da facilidade no processo, era a primeira vez que estava fazendo esse procedimento e as informações contidas no site davam a impressão que caso ocorresse algum erro, poderia ter o processo não realizado. O processo para terminar, ou seja, para receber o número do ISBN de cada livro devo aguardar até 5 dias úteis e este será enviado por e-mail, conforme solicitado por mim.

Bom, o primeiro passo para a produção do e-book dos livros “Colar de Ossos e outras histórias” e “Contos Eróticos para ler a dois” já foram dados. Agora, é partir para a criação da ficha catalográfica, a revisão já foi realizada, e também a transformação do arquivo doc em e-pub que é o formato que usaremos para os e-books.

Ah! Com o cadastro na Agência Brasileira de ISBN você receberá um Manual do Editor para sanar todas as dúvidas sobre o ISBN. Ainda não li, mas é sempre bom esses materiais de apoio.

Nenhum comentário ainda.

Deixe um comentário