Tag Archives forMonitoramento

Monitorar é preciso!

Toda empresa deve ter como hábito o monitoramento de sua marca e a partir das informações entender o que está acontecendo de forma que possa agir preventivamente para qualquer possibilidade de crise.

O monitoramento das redes sociais é fundamental na estratégia de marketing, veja algumas dicas de como fazer isso:

# Comece o monitoramento pelo que está relacionado a sua empresa, depois amplie o monitoramento para os concorrentes e acompanhe tudo que acontece nesse segmento;

# Quando for escolher os termos para monitorar, lembre-se das possíveis variações que os usuários podem usar para citar sua empresa, como nomes de produtos ou ainda erros ortográficos. Por exemplo: Banco Itaú, BCO Itau, B. Itaú;

# Monitoramento deve ser feito diariamente. Lembre-se que um monitoramento regular é capaz de prevenir crises. Você poderá perceber o crescimento de citações negativas e poderá agir de modo que isso não se alastre;

# Grandes empresas devem utilizar um misto de ferramentas pagas com ferramentas gratuitas, assim, terão maior alcance. Já as pequenas e médias empresas devem fazer o monitoramento utilizando ferramentas gratuitas e as pagas somente para casos e marcas específicas e assim otimizar o custo do monitoramento.

Algumas das ferramentas mais usadas para o monitoramento gratuito são:
Social Mention: Real Time Search: você define as palavras a serem monitorada e pesquisa menções em várias redes sociais.
Trendsmap: Lista as hashtags e os assuntos mais comentados no Twitter.

Twitter Search: Faça pesquisa no twitter mesmo não tendo perfil. Lembre-se de usar variações do nome da marca, por exemplo: Cocacola, Coca-cola, Refrigerante Coca.

Sei que é repetitivo, mas preciso dizer: as redes sociais estão crescendo cada vez mais. E as empresas não podem se dar ao luxo de ficar de fora, e principalmente, de abrir mão de monitorar como sua marca é citada na web.

 


Patricia Canarim, jornalista e consultora de Marketing Digital com especialização em Informação Estratégica pela UFMG e Certificação Google: Qualificação Individual em Publicidade de Pesquisa, Publicidade Gráfica. Coordenadora de Conteúdo do Nautilos Marketing Digital.

Google Trends

O Google está sempre atualizando, melhorando suas ferramentas, e novamente mudou a ferramenta do Google Trends.

Agora o Google Trends ganhou uma relevância ainda maior pois você pode saber o que está sendo pesquisado na web hora a hora e também o que está sendo pesquisado no Youtube.

O monitoramento pode ser feito por períodos como últimos 12 meses, 3 meses ou por um ano fechado, como o ano de 2014. E também você pode monitorar o que está sendo pesquisa nas últimas 4 horas ou na última hora.

É claro, para esse monitoramento as palavras tem que ter grandes volumes de pesquisas para o sistema gerar algum resultado, e o mais interessante no Google Trends são as indicações de pesquisas relacionadas e com crescimento repetino, pois apresentam novos termos que as pessoas estão usando.

Já o Youtube que é o segundo mais importante buscador do mundo, só perde para o próprio Google, não poderia ficar de fora desse monitoramento. E você pode saber quais os termos usados para chegar nos vídeos e também os termos relacionados. Não tem o prazo tão curto, o menor é de 3 meses.

Mas, um dia o Google chega lá, e atualiza a ferramenta Google Trends para monitoramento de vídeos com prazo de últimas horas.

Patricia Canarim, jornalista e consultora de Marketing Digital com especialização em Informação Estratégica pela UFMG e Certificação Google: Qualificação Individual em Publicidade de Pesquisa, Publicidade Gráfica. Coordenadora de Conteúdo do Nautilos Marketing Digital.

Google Alerta para monitoramento

Na internet, para quem tem um negócio online o monitoramento é uma atividade básica. É preciso saber quem acesso o seu site, quem fala de você nas redes sociais e como as palavras-chave de seu negócio está sendo comentada e pesquisada. É neste momento que o uso do Google Alerta é uma ferramenta muito interessante de usar.

Ao contrário do Google Analytics que é preciso de um cadastro, o Google Alerta não precisa de cadastro e sim uma indicação de e-mail para você receber as notificações. E você defini o termos a serem monitorados e a regularidade que você receberá as notificações se todo dia, ou uma vez por semana.

Com o Google Alerta você saberá se onde esse termo foi citado, num blog, num site, num comentário no Twitter. Então, funciona mais ou menos assim:

Vamos dizer que você quer monitorar o termo “curso de chinês online”. Você cadastra esse termo, define a regularidade de recebimento da notificação, defini o idioma, no caso português, as fontes, pode deixar como automático, mas pode segmentar como só blogs, por exemplo e a quantidade, “só os melhores resultados” ou “ver todos”. Eu sempre opto por só os melhores resultados e ainda assim recebo muita informação relevante.

 


Patricia Canarim, jornalista e consultora de Marketing Digital com especialização em Informação Estratégica pela UFMG e Certificação Google: Qualificação Individual em Publicidade de Pesquisa, Publicidade Gráfica. Coordenadora de Conteúdo do Nautilos Marketing Digital. 

WhatsApp
>