Google Alerta para monitoramento

Na internet, para quem tem um negócio online o monitoramento é uma atividade básica. É preciso saber quem acesso o seu site, quem fala de você nas redes sociais e como as palavras-chave de seu negócio está sendo comentada e pesquisada. É neste momento que o uso do Google Alerta é uma ferramenta muito interessante de usar.

Ao contrário do Google Analytics que é preciso de um cadastro, o Google Alerta não precisa de cadastro e sim uma indicação de e-mail para você receber as notificações. E você defini o termos a serem monitorados e a regularidade que você receberá as notificações se todo dia, ou uma vez por semana.

Com o Google Alerta você saberá se onde esse termo foi citado, num blog, num site, num comentário no Twitter. Então, funciona mais ou menos assim:

Vamos dizer que você quer monitorar o termo “curso de chinês online”. Você cadastra esse termo, define a regularidade de recebimento da notificação, defini o idioma, no caso português, as fontes, pode deixar como automático, mas pode segmentar como só blogs, por exemplo e a quantidade, “só os melhores resultados” ou “ver todos”. Eu sempre opto por só os melhores resultados e ainda assim recebo muita informação relevante.

 


Patricia Canarim, jornalista e consultora de Marketing Digital com especialização em Informação Estratégica pela UFMG e Certificação Google: Qualificação Individual em Publicidade de Pesquisa, Publicidade Gráfica. Coordenadora de Conteúdo do Nautilos Marketing Digital. 

Nenhum comentário ainda.

Deixe um comentário