Black Hat, o caso Decolar

A principal função de um trabalho de marketing e de comunicação digital é o de criar e manter relacionamento. É o que chamamos presença digital.

Mas todos sabemos que estar presente também nos buscadores no momento em que o cliente decide fazer sua compra é essencial para os negócios seja on-line ou off-line. E por isto a produção do conteúdo tem que levar em consideração os conceitos de SEO. E não é um trabalho com resultado rápido, mas constante, regular e com qualidade. O resultado virá.
Muitas empresas sabem da impotância da primeira página, e em especial a do Google. A grande maioria faz trabalho sério, ético e regular de presença digital, produzindo conteúdo relevante para seus usuários e com constante atualização. E são essas empresas que o Google quer oferecer para seus clientes, todos nós, que acessamos a web.
Mas, há aquelas empresas que utilizam das técnicas de BlackHat, termo usado para classificar técnicas não éticas para conquistar resultados.
A empresa Decolar.com foi punida pelo Google. Não há como saber ao certo o motivo, mas há duas possibilidades:
1ª compras de links. A indicação de link é importante, mas tem que estar dentro do contexto.
2ª duplicidade de sites. Um para o público em geral. O outro para o Google. Neste a empresa pode manipular as informações e buscar um melhor posicionamento.
Pela ferramenta MajesticSEO vê como foi a evolução da Decolar.com.
O site Decolar.com se pronunciou informando que fará uma investigação interna.
O site Decolar.com voltou a aparecer nos resultados de buscas no início de março. O site ficou cerca de 15 dias fora das pesquisas. 

Nenhum comentário ainda.

Deixe um comentário